Como desenvolver novos hábitos e se tornar um referencial

Desenvolver novos hábitos pode parecer mais complicado do que realmente é. Para tanto, é preciso fazer uma análise do nosso ponto de partida – o que somos para o que desejamos ser – uma meta e, finalmente, como vamos realizar este projeto.

Em primeiro lugar, acredito que ter sucesso na carreira é ser persistente. Porém, com o mundo no qual vivemos é cada vez mais veloz, as transformações precisam ocorrer antes e não depois do acontecido.

O que quero dizer: é preciso se preparar para mudar, e nem todos querem esta mudança. E, por que não queremos? Porque mudar não é fácil, o hábito nos protege ao mesmo tempo em que impede que façamos algo diferente do que já fazemos. E é aqui que está o perigo, se permanecermos fazendo a mesma coisa, o tempo todo, vai vir alguém mais jovem, mais audacioso e mais competente, e nos passará a perna. Vamos ficar para trás.

Querem um exemplo? Já viram uma criancinha de um ou dois anos com iPad ou iPhone? É incrível, eles sabem manejar a ferramenta, se distraem e ficam absolutamente envolvidos com as visões que ali aparecem.

Já viram um casal jovem indo jantar? Entra no restaurante e o rapaz nem sabe que deveria puxar a cadeira para sua namorada, colega, amiga ou amante sentar, coisa que o garçom faz e, em questão de segundos, estão ambos nos seus celulares. E aí eu pergunto – sai para fazer o quê? Falar no WhatsApp com alguém que está do outro lado da mesa? Enfim...

O que quero dizer é que se ficarmos muito tempo no mesmo lugar, sem desenvolvimento e crescimento, alguém vai nos ultrapassar. É difícil sair da zona de conforto e é exatamente esta comodidade que é um perigo para nós. Quanto sentirem que já sabem todos os padrões, já conhecem tudo e são capazes de atender à demanda, fiquem preocupados – está na hora de mudar!

Mas, as pessoas não gostam de mudar, ficar na mesmice traz um alento à alma – sabemos onde está o ponto A, onde fica o ponto B e como chegar lá. Chamamos isso de “ter adquirido experiência”. Mas, o mesmo tempo em que a experiência nós dá tranquilidade para fazermos as escolhas, ela nos traz o perigo da mesmice.

Por outro lado, não é muito fácil analisar os fatos sem fazer um juízo (experiência) e não prejulgar. Olhar para frente quer dizer aprender a ver o mundo com outro olhar, é descobrir soluções inovadoras e que sejam úteis e reconhecidas pelo mundo a nossa volta.

Então, qual é a sua fonte para ter motivação? Crescimento profissional, galgar outro posto, ganhar mais e melhor? Não importa qual deles seja, o que é importante: qual a fonte para sua motivação. Quer crescer para ultrapassar alguém ou para se sentir mais competente? Quer ganhar mais para que os outros vejam ou quer proporcionar para si e sua família uma vida mais confortável, uma maneira de conseguir maior aprendizado, fazer uma pós um MBA etc.

Além do dito acima, sugiro que tenham sempre um sonho – uma visão, um olhar para o futuro. Não basta ter só um propósito, é preciso acreditar nele e fazer todos os esforços para que um sonho se torne realidade.

Sabem como fazer isto? Qual a diferença entre um sonho e uma meta?

Um sonho é algo que sentimos que gostaríamos de ter, ser ou fazer. Não é algo factível, real. Uma meta é pontual: como, quando, onde.

E como transformar um sonho numa meta? Colocando no papel e dando uma data, transforme um sonho num projeto que pode ser alcançado desde que seja posto em prática, com objetivos, datas e tarefas que serão necessárias para alcançá-lo.

Escolhas audaciosas vão nos levar ao lugar que merecemos e para fazê-las é preciso ter determinação, força de vontade e ter consciência do que vem a ser o nosso propósito – empreender.

Ter ideias transformadoras pode fazer com que conquistemos o coração e o reconhecimento no nosso mundo, no nosso ambiente de trabalho, no coração da família. É preciso inovar, ter persistência, consistência e, finalmente, criar um cliente fiel, isto é, alguém a quem possamos srpreender, ir além.

Se tornar empreendedor da própria carreira não é somente um prêmio, mas, sim, uma realização pessoal e profissional. Costuma dar certo quando há persistência, foco e objetividade.

Boa sorte no seu projeto, você é capaz de realizá-lo, desde que queira.

http://www.administradores.com.br/noticias/carreira/como-desenvolver-novos-habitos-e-se-tornar-um-referencial/104033/

http://www.cenariomt.com.br/noticia/464152/como-desenvolver-novos-habitos-e-se-tornar-um-referencial.html

voltar para Artigos

left show tsN fwR uppercase bsd b01s|left fwR tsN uppercase b01s bsd|left fwR tsN uppercase bsd b01s show|bnull||image-wrap|news uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase|b01 c05 bsd|login news fwR b01 bsd uppercase|tsN fwR uppercase|fwR b01 bsd normalcase|content-inner||