Porque hoje é Sexta-Feira - 26/05/2017

Olá,

 

Tenho recebido muitas vezes e-mails com perguntas dos profissionais mais experientes como o fator idade implica no mundo corporativo. Pois recebi uma mensagem de um amigo querido que infelizmente já não está mais conosco, mas foi embora aos 97 anos. E era ele que mandava estas mensagens diariamente. Leiam:

 

Idosos ou velhos?

 

Você se considera uma pessoa idosa, ou velha? E você que é jovem, como deseja chegar lá?

Acha que é a mesma coisa? Pois então ouça o depoimento de um  idoso de oitenta anos:

 

Idosa é uma pessoa que tem muita idade.

Velha é a pessoa que perdeu a jovialidade.

Você é idoso quando sonha.

É velho quando apenas dorme.   

Você é idoso quando ainda aprende.

É velho quando já nem ensina.

Você é idoso quando pratica esportes,  ou de alguma outra forma se exercita.

É velho quando apenas descansa.

Você é idoso quando seu calendário tem amanhãs.

É velho quando seu calendário só tem ontem.

 

O idoso é aquela pessoa que tem tido a felicidade de viver uma longa vida produtiva, de ter adquirido uma grande experiência.

Ele é uma ponte entre o passado e o presente, como o jovem é uma ponte entre o presente e o futuro.

E é no presente que os dois se encontram.

 

Velho é aquele que tem carregado o peso dos anos, que em vez de transmitir experiência às gerações vindouras, transmite pessimismo e desilusão.

Para ele, não existe ponte entre o passado e o presente, existe um fosso que o separa do presente pelo apego ao passado.

 

O idoso se renova a cada dia que começa; o velho se acaba a cada noite que termina.

O idoso tem seus olhos postos no horizonte de onde o sol desponta e a esperança se ilumina.

O velho tem sua miopia voltada para os tempos que passaram.

O idoso tem planos.

O velho tem saudades.

O idoso curte o que resta da vida.

O velho sofre o que o aproxima da morte.

 

O idoso se moderniza, dialoga com a juventude, procura compreender os novos tempos.

O velho se emperra no seu tempo, se fecha em sua ostra e recusa a modernidade.

O idoso leva uma vida ativa, plena de projetos e de esperanças.

Para ele o tempo passa rápido, mas a velhice nunca chega.

 

O velho cochila no vazio de sua vida e suas horas se arrastam destituídas de sentido.

As rugas do idoso são bonitas porque foram marcadas pelo sorriso.

As rugas do velho são feias porque foram vincadas pela  amargura.

 

Em resumo, idoso e velho, são duas pessoas que até podem ter a mesma idade no cartório, mas têm idade bem diferente no coração.

Se você é idoso, guarde a esperança de nunca ser um velho...                                                  

Um bom dia, levante-se e olhe para o dia com outros olhos

 

Espero que todos nós possamos aproveitar nossa vida, nossos momentos. Eu digo que idade não é um problema – é um fato!!! E tem que aceita-lo e viver de acordo com o mesmo. Mas, sempre viver, sempre renascer, recomeçar e continuar a aprender.

 

Abraços e até próxima 6ª feira.

 

STEFI MAERKER

 

voltar para Artigos

left show tsN fwR uppercase bsd b01s|left fwR tsN uppercase b01s bsd|left fwR tsN uppercase bsd b01s show|bnull||image-wrap|news uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase|b01 c05 bsd|login news fwR b01 bsd uppercase|tsN fwR uppercase|fwR b01 bsd normalcase|content-inner||